Páginas

Pesquisar este blog

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Meditação

HOje li um post no blog de uma amiga sobre meditação ( oi Rosângela), ele está linkado aos meus avoritos confiram ( Rosângela Rossi).
Neste post a autora vinha falando de meditação, eñtão fui buscar entendimento maior sobre a mesma:
MEDITAR

Um tema e tanto para 2008, aliás apara a vida, sendo que para alguns a partir de 2008.

Sabe, certa vez eu ouvi uma pessoa a dizer que para entender o real significado das palavras era preciso conhecer a etimologia delas.

Então voltemos à etimologia de meditar.

Meditar vem do latim – meditare, ou seja, voltar-se para o centro no sentido de desligar-se do mundo exterior e voltar a atenção para dentro de si.

Mas voltar para dentro de si pra quê? Para se equilibrar, para se organizar, para mudar! Pra melhor é claro!

Analisando a apalvra no seu sentido silábico temos me – di – ta – ção. Vamos quebrar um pouquinho a regra silábica? Vamos brincar com a palavra!

Me – dit – ação.

Vamos mudar a ordem?

Dit- me ação

Ou ainda melhorando a leitura....

Dita-me em ação

O que seria então me ditar em ação? Não poderia ser eu própria me descrever a partir das minahs próprias experiências e vivências? Não poderia ser uma forma de me descrever emc ada situação para psoterior ação?

Seria eu refletir sobre mim mesma, me descrevendo internamentoe para posterior ação?

Então podemos dizer que a partir do momento que refletimos sobre nosso interior e colocamos essa reflexão em ação no plano externo ( aplicabilidade dos resultados dessa reflexão), poderíamso então dizer que estaríamos “fechando” mais um ciclo de meditação!

Ou seja, meditação é o ciclo do interno par ao externo tendo como base nós mesmos. É fundamental para a vida, para a alma, para a sociedade. Não é um ato isolado e único, é contínuo, a final “não passamos pelo mesmo rio duas vezes”.

Pense, reflita, aja!

Nenhum comentário: