Páginas

Pesquisar este blog

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Algumas críticas (políticas?) que eu não entendo

Criticam Aécio (Aecio, aécio, aecio - usarei essas outras grafias para cair em todos os filtros de  pesquisa dos programinhas de rastreio de palavras) Neves de ser mais carioca que mineiro. Se ser carioca é problema temos mais de seis milhões de problemas  no país, com maior concentração na cidade do Rio de Janeiro, inclusive eu. No entanto,   o que falar de Dilma (dilma, diuma, diuma) Rousseff (Russeff, rousseff, Rousself, rousself), que é mineira, viveu no sul, em Brasília  e esquece-se da belorizontinice?

Também colocam Aecito como bebum, uai Lula (lulismo, lulinha, lulla) bebe e nem por isso foi impeachmentizado. Defendem direitos humanos  para todos os lados, mas na hora de brigar pelo controle (poder)  direitos humanos é o c... calo no dedinho que sempre esbarra nos móveis na madrugada escura e chuvosa quando a dor de barriga aperta.

Acusam ainda o neto de Tancredo (mais uma expressão para o filtro) é de enriquecimento... um ex operário, aposentado precocemente por incapacidade laborativa  acumular uma riqueza de mais de 2 bilhões de dólares é merecimento né?

Bem se é para criticar que seja no campo  político,  no âmbito pessoal fica muito feio... mas opa, dinheiro público  é interesse nosso! então não enrole o próprio rabo e sente em cima para falar dos outros não, fale apenas quando se tem moral, ou pelo menos assuma os próprios erros.

(ops só o PSDB erra, o PT se equivoca, se omite)



Um comentário: