Páginas

Pesquisar este blog

domingo, 12 de junho de 2011

Filigranar

Esse anel ai da foto ao lado é feito através da arte de filigrana. A arte de entrelaçar fios de metais sem o uso de solda. Surgido na China e extremo oriente em meados do século VIII, ganhou notoriedade na Espanha e Portugal posteriormente, e sendo trazida para a América por colonizadores.

A técnica é intrinsecamente manual, e artesanal. Embora atualmente já usem maçarico para fixar as peças, o que não remonta a verdadeira técnica.

O artesão que fez essa peça (exclusivamente para mim) conhecido em Paraty como “Canela” e seu atelier é sob à luz da lua e estrelas. Enquanto não manipula as peças – geralmente feitas na hora para a pessoa que ele aborda aleatoriamente (talvez nem tão aleatoriamente considerando a complexidade da nossa mente com todas as suas intuições).

Senta-se nas portas das casas históricas, toca sua flauta ( feita artesanalmente de madeira) á sua frente fica um pedaço de pano com seu instrumental de trabalho.

Como bom e sábio artista enquanto produz peças fala sobre a arte, sobre a vida, sobre o cosmos... FASCINANTE!!!

Ele não coloca preço em suas peças, deixa livre para que a pessoa escolhida, contribuir com o que queira... ou não contribuir, o que é difícil acontecer, diante de tamanha beleza das peças.

Canela não utiliza ouro ou prata, devido ao custo e ao tratamento que os mesmos tendem ter. Utiliza então o cobre, que além de dar um efeito diferente das bijuterias que conhecemos, também tem algumas propriedades terapêuticas e místicas.

Um toque especial no contato com o artista, é a despedida, na qual Canela faz questão de cumprimentar não apertando as mãos, mas saudando com um “bater de mãos”, segundo ele ao bater as mãos, faz-se a energia das pessoas e do universo vibrarem, o que é mais importante do que transferir energias (as vezes desequilibradas) um para o outro.

No meu anel ele modelou um trevo de 4 folhas para dar sorte, e um espiral, pois a vida é um espiral, que simboliza a energia feminina e a dinamicidade da vida, com seus altos e baixo, mas sempre seguindo seu curso.





SANDRO CANELA
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

3 comentários:

blog da angela vaz7 disse...

Muito interessante!

blog da angela vaz7 disse...

Muito interessante!

Lilian disse...

REalmente é, e o Canela é um amor de pessoa, uma pessoa em total sintonia com o universo.