Páginas

Pesquisar este blog

segunda-feira, 7 de março de 2011

Sandy e Devassa


O que a Sandy tem de devassa? Pergunta que se tornou freqüente nos últimos dias após a empresa da cerveja Devassa divulgar sua “menina propaganda” do ano, o que rendeu inúmeras piadas e postagens em sites de relacionamento ou blogs.

Embora a pergunta seja pertinente, mascara as principais intenções da propaganda, que é fazer a marca e artista cair nas preferências do povo.

Ou seja, a marca empresta a oportunidade da artista divulgar seu trabalho, ao passo que a artista empresta a imagem para alavancar as vendas da bebida. Ora muitos vão provar a cerveja, quer seja para ver se está a altura de Sandy (qualidade), que seja para ver se transforma alguém em devasso. Ao passo que outro tanto de pessoas vão começar a seguir a cantora em shows, vídeos, programas de TV, para saber o que ela falará a respeito, até porque a tal “pureza” e inocência dela incomodava a muitos.

Num momento em que outras cervejas vendem muito mais que a Devassa, e que a carreira solo de Sandy não estava tão em evidência quanto na época que cantava junto com o irmão, tal propaganda e marketing veio a colaborar com ambas as partes.

Sem dúvida para a artista aceitar o convite não teria muito haver com dinheiro, e para a cerveja, disputar o mercado e preferência popular com uma gostosona, sexy, poderia cair na mesmice, e não emplacar os resultados pretendidos.

Ela tinha à frente uma disputa com Juliana Paes, Ivete Sangalo, Zeca Pagodinho, Débora Seco, e gosto popular brasileiro (churrasco). Correr o risco de cair na mesmice, e se tornar indiferente na atenção pública, seria dar um tiro no pé. Literalmente perder dinheiro e concorrência.

Gostando o público ou não, com ou sem piada, o ponto vai para a Devassa que conseguiu chamar a atenção para seu produto, que em algumas cidades já aumentou consideravelmente o consumo.

Eis o que eu defino uma bela jogada de marketing!

Um comentário:

blog da angela vaz7 disse...

Lilian
Muito bom seu ponto de vista!