Páginas

Pesquisar este blog

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Meu coração está aos pulos

Meu coração está aos pulos, não de indignação, mas da mais pura alegria. Sim estou feliz, e não é só por hoje.

Outro dia lendo as frases deixadas por amigos meus e contatos do MSN, li uma ( de um psicólogo) que perguntava: você já conquistou seu ouro hoje?

Lembrei-me imediatamente da frase que diz: “ O sonho é uma conquista do dia-a-dia, e não uma ilusão de quem sabe sonhar”.

Coincidentemente, estava lendo o livro O Vendedor de Sonhos, de Augusto Cury, no qual o vendedor de sonhos diz que sonhar sem propósito, é sonhar em vão, é ter vitória sem mérito. Que os sonhos devem ter propósitos, serem metas de vida. Senão de nada adianta sonhar, seria apenas ilusão.

E ao longo de minha trajetória sonhei muito, alguns sonhos realizados, justamente aqueles que tinham propósitos. Hoje se tornaram realidade. Eis que publico meu primeiro livro, e com ele grandes realizações de projetos novos.

Os meus novos projetos não incluem casa nova, carro do ano, nova faculdade. Mas conhecer-me mais a mim mesmo, fazer novos amigos, ampliar a sede de conhecimento das pessoas. Para isso vou formando pequenos sonhos. Mesmo que o caminho pareça difícil, tortuoso eu me amparo nos anjos que guardam meu sonho... são esses sonhos que dão força na vida para continuar a lutar, a sonhar, e então a viver, pois viver sem sonhos não é viver é se iludir que está vivendo.

Claro que muitos me perguntam quem são esses anjos:

Um se chama Célio: amigo, médico, filósofo, mestre, aluno, é tudo, é um anjo. É ele que me incentiva a escrever, me possibilitou me encontrar na filosofia, e me mostrou o que é sonhar com propósito.

O outro se chama Augusto: por conseguir traduzir ta bem em palavras a real filosofia, o real sentido da vida, e com isso me alertar com sinais tão importantes para meu auto conhecimento e não minha auto-ajuda. A esse filósofo minhas reverências.

Outro se chama Rubem: sim ele mesmo o Fonseca, o escritor. Aquele que me apresentou as asas para voar, que serviu de inspiração e referência.

Não programei ser escritora, também não foi um acidente de percurso, apenas fui incentivada pelos anjos e a eles hoje meu coração está aos pulos. O livro pode não empolgar a muitos, pode ser um fracasso, mas eu sei que é atual, tenho propriedade para falar sobre o tema, eu vivi o que escrevo o que afirmo.

Talvez o livro seja uma bobagem para muitos, a grande maioria dos profissionais de saúde, mas para outros tantos pode ser o início de muitas coisas, como pra mim.

O início das minhas publicações, o início de uma nova fase na vida, o início do desfrute de um sonho e quem sabe o início de amizade com os demais anjos que citei.

Meu coração está aos pulos, estou feliz, não pelo fato de lançar um livro, mas por descobrir o meu caminho, a razão de estar aqui, quem sou e pra onde vou. Como diz Aline Barros a Rick Vallen numa homenagem a ela: agora posso dar frutos e ser frutífera, canalizar o dom que tenho e assim ajudar o futuro da humanidade, pelo menos fazer a minha parte.

Um comentário:

Laurinha disse...

Meu coração está aos pulos..rsrs, porque conheci alguém mais do que especial, alguém com quem aprenderei mais um pouquinho desta vida. Adorei lhe conhecer e conhecer seu blog... Quando puder, está convidada a me fazer uma visita no meu blog, um pouco abandonado, mas meu...historiasdelaurinha.blogspot.com. Beijos, guerreira